Igor Scliar
top of page
  • Foto do escritorAscom iBench

25 itens essenciais para montar o seu laboratório escolar

Atualizado: 6 de jun. de 2022

Você está montando ou renovando o laboratório escolar de ciências? Não sabe onde exatamente por onde começar ou como gastar (ou economizar) seu orçamento?

Somos cientistas com mais de 15 anos de experiência na bancada e sala de aula.


Recentemente recebemos vários contatos de professores montando ou reabastecendo o estoque do laboratório escolar, então selecionamos uma lista de 25 itens obrigatórios para você que também está nessa procura. A maioria dos itens pode ser encontrados em nosso marketplace, onde você pode comparar preços e produtos, direto no site.


Se você tiver alguma dúvida, não deixe de entrar em contato por email ou whatsapp!



E segue até o fim do artigo, que também compartilhamos algumas dicas para tornar os laboratórios escolares mais seguros.




Confira uma lista para começar o seu laboratório escolar Consumíveis básicos:
  1. Lâminas, lamínulas e porta lâminas.

  2. Béquer de 1 L e 500mL

  3. Provetas de 1 L e 250mL

  4. Pipetas Pasteur e Sorológica

  5. Pipetador – nada de sugar, como se fazia há um tempo!!

  6. Luvas P, M e G

  7. Pinça

  8. Tubos tipo Falcon, Tubos de Ensaio e estantes

  9. Placas de petri e ágar

  10. Pisseta e álcool 70.





Equipamentos:

11. Microscópio tipo lupa


12. Vórtex simples


13. Banho-maria pequeno


14.Agitador e barras magnéticas




Químicos:

15. Água destilada

16. Indicadores de pH ou tiras de pH (mas sempre pode ter aqueles caseiros, tipo suco de beterraba)

17. Cloreto de sódio

18. Acetona

19. Ácidos como o Clorídrico e o Sulfúrico.

20. Formol

21. Glicerina

22. Hidróxidos, como de sódio e cálcio

23. Nitrato de magnésio

24. Carbonato de sódio

25. Sulfatos como de Ferro e Cobre


Como tornar o seu laboratório escolar mais seguro

Os laboratórios de ciências são uma parte importante das escolas e faculdades. Experimentos científicos tornam palpáveis os conhecimentos teóricos de sala de aula, fornecendo novas formas de aprendizado aos estudantes.

A prática laboratorial tem, portanto, papel fundamental no estímulo à ciência e atração de crianças e adolescentes para esta carreira. Mas os laboratórios de ciências também são perigosos. Mesmo erros simples podem levar a lesões e danos graves. É de responsabilidade da diretoria, professores e técnicos de laboratório criar um ambiente seguro, bem como passar lições de ética e biossegurança (o que é um grande desafio).

Há várias maneiras de garantir a segurança em um laboratório de ciências.

Treinamento e capacitações

A primeira passa pelo pessoal que trabalha no laboratório. Se os professores possuem apenas licenciatura como graduação, sem formação como mestrado e doutorado, pode ser que sua experiência prática seja insuficiente. Além disso, um professor sozinho pode precisar de auxiliares que fiquem de olho nos alunos e os ajudem também. Cursos técnicos de laboratorista podem ser uma boa opção de educação continuada, até mesmo para quem não tem graduação.

Diminua distrações A segunda vem dos próprios alunos — celulares ou quaisquer distrações podem ser perigosas. Em relação aos celulares especificamente, estes podem ser contaminados com quaisquer itens que estejam sendo manipulados no laboratório, então é de início algo que deveria ser evitado. Exceto que se seu laboratório tenha tipo realidade aumentada 😉

Proteja a si e aos outros Parece óbvio, mas não custa mencionar a utilização de equipamento de proteção individual (EPIs) como luvas, óculos e jalecos. Aliás, luva é algo bem importante e não pode ser qualquer uma, dependendo do objetivo. Sabe aquela transparente, que a Ana Maria Braga usava para fazer comida, feita de vinil? Não, não. Não serve para laboratórios que mexam com químicos.

Aliás, aproveita que compras acima de R$ 1000,00 no iBench Market levam um Pin Science Influencer de brinde, para decorar o jaleco <3


Faça revisões periódicas A manutenção da infraestrutura do laboratório de ciências é igualmente importante, bem como sua ventilação. Isso ajuda a prevenir acidentes fatais e minimizam o perigo de exposição a gases e produtos químicos desagradáveis. Se existe dissecção e utilização de formol para conservação de espécimes, ventilação é essencial. Aliás, nesse quesito, o ideal seria ter peças plastinadas, mas elas não estão ainda disponíveis para venda 🙁

Não somente, deve haver uma estação de lavagem dos olhos e das mãos em todos os laboratórios de ciências para fornecer soluções de primeiros socorros caso os alunos exponham acidentalmente seus olhos ou qualquer parte do corpo a produtos químicos nocivos.

Se possível, é aconselhável que os responsáveis pelo laboratório mantenham registros de quaisquer acidentes que ocorram. Ao registrá-los e rastreá-los, as escolas podem reformular protocolos de segurança para evitar casos semelhantes no futuro, criando um ambiente de laboratório mais seguro para seus alunos.

Não largue mão do seu estoque Por último, mas não menos importante, mantenha seu estoque atualizado! Fornecedores de materiais e laboratório podem demorar semanas para responder e enviar os produtos. Aliás, a falta de insumos para laboratório foi um super problema durante a pandemia e ainda não normalizou. Isso evita compras de última hora, preços abusivos, além do estresse. O iBench Market também conta com fornecedores nacionais e estrangeiros para insumos e equipamentos de biologia molecular, reagentes químicos e muito mais. Digitalize suas compras. Dedique-se às grandes ideias e deixe a rotina de compras conosco.




19 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page